Encontrada arma que pode ter sido utilizada para assassinar argentino em Búzios

RIO - Policiais da 127ª DP (Búzios) encontraram a arma que pode ter sido utilizada pelo operador de turismo Carlos Alberto Gomes de Jesus, conhecido como “Joe”, para assassinar o turista argentino Marcelo Alejandro Fernández Vilac, 25 anos. O crime ocorreu na madrugada de sábado, no município de Búzios.

O turista discutiu com o operador de turismo, pois teria pago a quantia de US$ 200 por ingressos para os desfiles das escolas de samba, na Marquês de Sapucaí, mas não os recebeu. Carlos José teria se irritado com o argentino e disparou dois tiros contra ele.

Após o homicídio, policiais realizaram buscas na casa de Carlos Alberto, onde encontraram um revólver calibre 38 com duas cápsulas deflagradas e outras quatro intactas. O criminoso, que já respondeu por homicídio, roubo à mão armada e porte ilegal de arma de fogo em São Paulo, conseguiu fugir.

Policiais da 127ª DP e da Delegacia Especial de Apoio ao Turismo intensificaram as buscas ao criminoso.