Dois presos e grande quantidade de material apreendido no Camelódromo da Uruguaiana

RIO - Duas pessoas já foram presas por crime de violação de direitos autorais e grande quantidade de material pirateado apreendido  durante operação de fiscalização desencadeada, na manhã desta segunda-feira, por policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM) no Mercado Popular da Uruguaiana.

Cerca de 40 agentes deram início à ação por volta das 8h, que conta com apoio de policiais que atuam no programa de Dedicação Integral ao Cidadão (DEDIC), da 9ª DP  (Catete), 10ª DP (Botafogo), 12ª DP (Copacabana), 13ª DP (Ipanema), 14ª DP (Leblon), 19ª DP (Tijuca) e 20ª DP (Vila Isabel).

Responsável pelo comando da operação, o titular da especializada, delegado Alessandro Thiers, disse que as operações no Mercado Popular da Uruguaiana serão intensificadas em dias e horários aleatórios, visando acabar com a comercialização de produtos falsificados na localidade.