Tortura: funkeira Verônica Costa terá de prestar esclarecimentos à polícia

A funkeira Verônica Costa, acusada de tortura pelo marido, Márcio Costa, será intimada a prestar esclarecimentos à polícia. Contudo, não há previsão de quando Verônica terá que comparecer à delegacia, informou o chefe de investigação da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), Márcio Benevides.

O marido da funkeira Verônica Costa, Márcio Costa, de 34 anos, foi à 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), para registrar queixa, acusando a mulher de tortura e tentativa de homicídio. 

De acordo com o empresário, que estava com o corpo bastante machucado, na noite de segunda-feira, o irmão, a irmã, o cunhado e o padrasto da funkeira foram até a casa do casal e, por ordem de Verônica, teriam amarrado ele no banheiro, com correntes, cordas e cadeados.

Uma venda teria sido colocada em sua boca e olhos. Em seguida, ele teria sido agredido.

Ele fugiu por volta das 17h de ontem. Após pular o muro da casa, pediu ajuda a um vizinho. Policiais o levaram à delegacia e, depois, Márcio foi ao IML fazer exame de corpo de delito. Verônica Costa não foi encontrada em casa pelos policiais.

Esta não foi a primeira vez que o casal é envolvido em polêmicas. Em outubro do ano passado, Verônica acusou Márcio de agressão e registrou o caso na Delegacia da Mulher, em Jacarepaguá. Márcio é sobrinho de Rômulo Costa, primeiro marido de Verônica.