Policiais do Batalhão de Choque são recebidos a tiros em favelas de Santa Teresa

RIO - Policiais do Batalhão de Choque foram recebidos a tiros, na manhã desta quarta-feira, durante operação nos morros Fallet e Fogueteiro, em Santa Teresa. Os soldados foram ao local para fazer o reconhecimento das áreas que receberão a 15ª Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Estado.

O tenente-coronel Valdir Soares Filho, do Batalhão de Choque (BPChoque), explicou que a políocia está fazendo esse reconhecimento ao redor das favelas de Santa Teresa desde o último dia 24. Nesta quarta-feira, não houve apreensões ou prisões. Ninguém ficou ferido.

Nesta terça-feira, o governador Sérgio Cabral confirmou que a instalação do posto deve ocorrer até o início da próxima semana.  "Nos próximos dias, até segunda-feira, estaremos entrando em Santa Teresa. É uma das regiões mais lindas do Brasil e mais queridas do povo brasileiro. Um bairro da boemia, que fala com toda a cidade, com várias entradas pelo Centro, pela Zona Norte e Zona Sul, que merece todo o nosso carinho e atenção, e terá seu orgulho de volta", afirmou Cabral.

Na segunda-feira, Cabral participou da instalação da 14ª UPP, localizada no Morro São João, no Engenho Novo, na Zona Norte da cidade. A unidade vai beneficiar cerca de 6 mil moradores, além de comerciantes das comunidades vizinhas do Morro da Matriz e Morro do Quieto. Ela tem um efetivo de 200 policiais militares, sendo 35 mulheres.