Cabral homologa situação de emergência em oito cidades por causa da chuva

RIO - Após as fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro no mês passado, o governador Sérgio Cabral homologou a situação de emergência em oito cidades que registraram estragos causados pelas enxurradas e deslizamentos de terra. O decreto foi publicado na edição de terça-feira do Diário Oficial.

Na relação estão as cidades de Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto e Sapucaia, na Região Serrana; Italva e Cambuci, no Noroeste; São Fidélis, no Norte; e Trajano de Moraes e Macuco, nas Baixadas Litorâneas. Com o decreto, ficam dispensados de licitação todos os contratos que tenham por finalidade a realização de obras e aquisição de materiais necessários para recuperar os locais atingidos, desde que sejam concluídos em 180 dias.

No mês de janeiro, o governador já havia decretado estado de calamidade pública nos municípios de Nova Friburgo, Teresópolis, Petrópolis, Bom Jardim, São José do Vale do Rio Preto, Sumidouro e Areal, na Região Serrana do Estado. As sete cidades foram as mais atingidas pelas chuvas e até esta quarta-feira registravam 869 mortos, segundo último balanço da Polícia Civil.