Máscaras de Ronaldinho Gaúcho e Dilma fazem sucesso no Rio

RIO - O clima de carnaval já começa a tomar conta dos cariocas. No comércio popular da Saara (Sociedade de Amigos e Adjacências da Rua da Alfândega), no Centro do Rio de Janeiro, lojas de materiais carnavalescos já exibem as máscaras mais procuradas, como a do jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho e da presidente Dilma Rousseff. Os preços variam. Dependendo do material em que a máscara foi confeccionada, é possível encontrar modelos entre R$1,60 e R$35.

Com a recém-contratação de Ronaldinho Gaúcho, o mais novo ídolo do Flamengo, a procura por máscaras do craque disparou. Em algumas lojas já não há mais no estoque. De acordo com o gerente da Superfestas, Henrique Martins, o modelo deve ser a sensação do próximo carnaval, mas o preço é um tanto salgado: R$ 29,90. "Ela está vendendo bem. Cerca de 30 por dia. Esta época do ano comercializamos muitas máscaras, assim como fantasias de árabe, odaliscas e índios", contou Henrique.

As máscaras da presidente Dilma Rousseff também estão sendo procuradas pelos foliões. Porém, os comerciantes ainda parecem um tanto surpresos, pois não é tão fácil encontrar modelos em forma de caricatura do rosto de Dilma. Um ponto positivo é que o preço, ao menos por enquanto, está baixo: R$1,60.

Outros políticos lembrados pelo público são Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, Lula e até Francisco Everaldo Oliveira Silva, o popular humorista Tiririca, que foi eleito deputado federal por São Paulo.

Para quem gosta de impressionar usando algo mais assustador não faltam ofertas. Por R$5 é possível comprar máscaras do filme Pânico, Fred Krueger, bruxa ou até da raça de cachorro Pit Bull.

 

Mulheres buscam por fantasia do Bope

Mulher Maravilha, odalisca, empregada doméstica... Nada disso. A fantasia mais vendida na principal loja de artigos carnavalescos da Saara, a Casa Juruna, que existe desde 1915, é a de policial feminino. Com certas características do uniforme usado pelo Batalhão de Operações Especiais da polícia do Rio de Janeiro (Bope), o modelo é o mais procurado pelas mulheres que pretendem passar a folia de Momo fantasiadas. Cada unidade custa R$129,90, com direito a quepe.

De acordo com o vendedor Rodrigo Erculano, o sucesso do filme Tropa de Elite 2 gerou a admiração. "Graças ao filme e também pela ocupação militar do Complexo do Alemão", explicou.

Mas como no carnaval vale quase tudo, há quem sonha em "sair da lei" e jogar serpentina vestido de presidiário sem medo de parar na delegacia. Uma fantasia de prisioneiro custa R$65 na loja Maik Mix, também na Saara. De acordo com as vendedoras, surpreendentemente, muitas mulheres compram para seus maridos curtirem o carnaval.

Ainda segundo elas, o público feminino tradicionalmente procura por fantasias de Carmem Miranda, espanhola, colombina e melindrosa. Os homens são mais tímidos, preferindo acessórios como coletes, boinas, óculos espalhafatosos e adereços para a cabeça. Já as crianças caem na folia vestidas de super-herói (Batman, Super-Homem, Peter Pan), além de havaianas e bailarinas para as meninas.