Estado investe na recuperação do ramal ferroviário de Guapimirim

RIO - Depois de 20 anos sofrendo sem investimentos públicos, o ramal ferroviário de Guapimirim está recebendo a atenção que merece. Os 42km do trecho passaram por um intenso processo de recuperação estrutural, finalizado pela Secretaria Estadual de Transportes no ano passado, e também ganharam um novo trem de passageiros, que substituiu o antigo “trem fantasma”.

Além destes investimentos feitos pelo governo estadual, o ramal está prestes a ganhar mais uma novidade. Um convênio assinado entre Estado e Banco Mundial vai permitir a reforma de mais duas composições, que proporcionarão mais agilidade e conforto às viagens da população de Guapimirim.

A licitação para a reforma dos trens deverá ser aberta já no mês de março. Em função disto, o secretário Julio Lopes esteve na cidade de Fortaleza, onde também está sendo feito um grande trabalho de reforma em material rodante, a fim de conhecer as peculiaridades do processo. Os novos trens serão equipados com travamento automático de portas, novos sistemas de tração e freios, além de interiores mais modernos e seguros.

- A população de Guapimirim passou muitos anos padecendo com a antiga estrutura de transporte ferroviário da região. Desde 2007, estamos pondo em operação este importante pacote de recuperação. Além de todas as intervenções que já fizemos ali, o anúncio da reforma destes trens vem para agregar ainda mais condições de mobilidade urbana ao sistema de transporte do Grande Rio – explica o secretário Julio Lopes.

A reforma feita pelo Governo no ramal – formado por 18 estações, de Guapimirim até Saracuruna – contou a troca de grande parte dos trilhos, contenção de encostas, além da reestruturação de pontes metálicas, de plataformas de embarque e desembarque, e melhorias físicas nas estações.