Tragédia provocada pela chuva é destaque na imprensa internacional

SÃO PAULO - A chuva que atinge o Sudeste do país e já matou pelo menos 356 pessoas na Região Serrana do Rio de Janeiro é destaque nos principais sites de notícias internacionais.

O site da rede de TV americana CNN destacou as mortes causadas pela chuva no Rio de Janeiro e em São Paulo. A matéria lembrou os milhares de desabrigados na Região Serrana do Rio e dos três bombeiros mortos nos trabalhos de resgate das vítimas.

O site do jornal francês Le Monde destaca as mais de 355 mortes causadas pela chuva no Brasil em dois dias. Já a página da rede britânica BBC relata a forte chuva que voltou a cair nesta quinta-feira, dificultando o trabalho das equipes de resgate.

O jornal italiano La Reppublica dá pouco destaque à tragédia brasileira, mas relata que 84% da chuva prevista para todo o mês de janeiro caiu em poucas horas no Rio de Janeiro, e que a previsão indica que o tempo não deve melhorar tão cedo. O jornal espanhol El País diz que o Brasil continua contando as mortes causadas pela chuva e que a presidente Dilma Rousseff deve sobrevoar as áreas atingidas.

A página do argentino El Clarín afirma que a chuva castigou outra vez o Rio de Janeiro, na pior inundação de sua história. O jornal destaca que o mau tempo atinge também também São Paulo e Minas Gerais.