Polícia prende 11 pessoas que bloqueavam portas de trem no Rio

RIO - Pelo menos 11 pessoas foram presas, nesta terça-feira, por bloquearem o fechamento das portas de um trem da Supervia, em Madureira, Zona Norte do Rio. Os acusados foram encaminhados à Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) e serão autuados pelo crime de perigo de desastre ferroviário. As penas variam de dois a cinco anos de prisão.

Segundo a assessoria de imprensa da Supervia, é comum encontrar passageiros impedindo as portas dos trens de se fecharem, especialmente em horários de maior movimento nas estações, causando atrasos nas linhas e danificando o veículo.

Com isso, desde 2006, a companhia executa junto à Polícia Militar e Civil a Operação "Fecha Porta", que visa combater a prática. Somente em 2010, foram 264 pessoas detidas em flagrante durante a fiscalização policial nas estações de trem.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Alessandro Petralanda, serão feitas operações em diversos pontos da cidade em horários variados. Um dos detidos já tinha mandado de prisão expedido pela justiça de São Paulo.