Furnas esclarece causas do apagão no Rio

Transtornos foram sentidos no metrô, trens, shoppings e aeroportos; também pode faltar água na cidade

RIO - Furnas divulgou nota sobre o apagão que atingiu vários bairros do Rio na manhã deste sábado. Segundo a empresa, às 11h13, durante serviço de implantação da nova Subestação Zona Oeste (RJ), ocorreu uma atuação acidental no sistema de proteção da Subestação Grajaú, causando seu desligamento e afetando em sequência a Subestação de Jacarepaguá. As ações para recuperação do serviço, ainda de acordo com Furnas, tiveram início imediato e o fornecimento à Light foi normalizado às 12h03.

O apagão ocorreu no Centro, Tijuca, Rio Comprido, Vila Isabel, Glória, Copacabana, Ipanema, Leblon, Barra da Tijuca. Após mais de duas horas paralisadas, as linhas 1 e 2 do metrô voltaram a operar, na tarde deste sábado. Segundo a Metrô Rio, a energia foi restabelecida às 13h50. A interrupção aconteceu por volta das 11h30. Apesar da paralisação no serviço, o transporte circula sem atrasos nesta tarde.

Segundo a Supervia, todos os ramais de trens também foram afetados, mas já voltaram a funcionar normalmente.

O apagão afetou o sistema Guandu - que abastece todo o Rio de Janeiro - provocando o desligamento de sua principal elevatória, a de Lameirão. Segundo a Cedae, não há previsão de retorno. A normalização do funcionamento da elevatória de Lameirão pode durar três dias. A Cedae pede que todos os moradores do Rio poupem água porque o abastecimento pode ser prejudicado.

A falta de luz durou cerca de quatro minutos. Houve quatro piques de energia. Sinais de trânsito ficaram apagados, causando transtornos no tráfego da cidade. Diversos trechos da Avenida das Américas, na Barra, estão com os sinais apagados, assim como nas Avenidas Presidente Vargas e Rio Branco, no Centro. O túnel Zuzu Angel também está sem luz.

Lojas e shoppings das zonas Oeste e Sul da cidade também ficaram às escuras. O Barra Shopping ainda está sem luz. O aeroporto Santos Dumont foi obrigado a ligar o gerador para suprir a falta de ar-refrigerado.

Na noite de sexta-feira, alguns trechos dos bairros do Leblon, Ipanema, Jardim Botânico, Humaitá, Gávea e Lagoa, todos na Zona Sul do Rio, também ficaram sem energia por volta das 18h45. A luz foi restabelecida por volta das 20h.