Choque de Ordem nas Praias Verão 2011 reboca 50 veículos e multa 180

Durante o início da fiscalização na orla, oito flanelinhas foram detidos e mercadorias apreendidas na areia

RIO - Durante o primeiro dia da Operação Choque de Ordem nas Praias Verão 2011, deflagrada nesta quarta-feira, agentes da Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) rebocaram 50 veículos e multaram 180 por estacionamento irregular no trecho da orla do Leme ao Recreio dos Bandeirantes. Sete dos veículos (kombis e vans) serviam como depósitos de mercadoria de ambulantes de praia.

Agentes de Controle Urbano da Seop apreenderam nas areias 13 águas, 15 cervejas, 12 cadeiras, 14 guarda-sóis, 2 placas publicitárias, 1 bicicleta, 2 pás, 5 isopores, 1 carrinho, 1 quadriciclo e 3 pulverizadores. Durante a fiscalização na orla, oito flanelinhas que atuavam em trechos entre Copacabana e Leblon foram detidos. Sete deles foram conduzidos para a 12ª DP (Copacabana) e um para a 14ª DP (Leblon). Quinze moradores de rua (sendo 2 menores) foram acolhidos na orla de Copacabana e levados para o abrigo da Prefeitura na Ilha do Governador.

- Não haverá tolerância com os motoristas que insistirem em parar seus veículos de forma irregular tanto no trecho da orla quanto nas ruas transversais. Estamos com o dobro de reboques do ano passado. Ao contrário do que acontecia nas décadas passadas, hoje o transporte público é a opção ideal para aqueles que desejam ir à praia, um cartão postal do Rio. A fiscalização na faixa de areia implementada pela Prefeitura, através da Ordem Pública, em dezembro do ano passado, também comprova que é possível proporcionar uma praia mais limpa e organizada para os cariocas e seus visitantes - disse Alex Costa, secretário de Ordem Pública.

Na tarde de terça-feira, 7 de dezembro, um dia antes do início da Operação Verão 2011, agentes de Controle Urbano da Seop estouraram um depósito clandestino com grande quantidade de mercadorias de ambulantes que estavam escondidas em um porão localizado embaixo do Posto 13 na Praia de São Conrado.

Através de denúncias, agentes de Controle Urbano da Seop constataram a ilegalidade e apreenderam: 434 cadeiras plásticas, 167 cadeiras de alumínio, 176 guarda-sóis, 9 bancos, 3 mesas de plástico, 2 armações de barraca, 1 bomba d`água, 847 latas de cerveja, 687 bebidas não alcoólicas. As mercadorias estavam estocadas em local onde havia esgoto in natura e presença de ratos. Todo o material apreendido foi levado para um depósito da Prefeitura. Durante a operação, 500 kg de lixo (pedaços de madeira e de ferragens) foram recolhidos pela Comlurb.