Torben Grael ganha ação contra a Prefeitura de Niterói

O velejador campeão olímpico e mundial, Torben Grael ganhou uma ação que movia contra o Município de Niterói após o desabamento da encosta da Estrada Leopoldo Fróes, em Icaraí, que atingiu e destruiu sua residência em abril deste ano.

A juíza Rose Marie Pimentel Martins, titular da 1ª Vara Cível de Niterói, concedeu o mandado de segurança e determinou a realização de um plano emergencial de reconstituição da encosta, sob pena de multa diária de R$ 10 mil a partir do trânsito em julgado da sentença - quando não cabe mais recurso.

Na decisão a magistrada destacou o descaso do Poder Público não só com o autor da ação, mas com toda a coletividade. "O risco iminente de novo deslizamento está visível e sequer a estrada foi interditada. Nenhum ato foi praticado pelos impetrados visando evitar mais tragédia como aquela que ocorreu no Morro do Bumba", alegou.

No processo, o município alega que o deslizamento envolve imóveis particulares e, por tal motivo, devem os proprietários promover, às suas expensas, as obras e vistorias. Já para a titular da 1ª Vara de Niterói, "não se pode afastar a responsabilidade do Município no caso em tela, já que em se tratando de situação de emergência, tem o dever constitucional de zelar pela segurança e integridade das pessoas e de seus bens".