Secretaria de Saúde inicia uso do fumacê na Zona Sul do Rio

RIO - A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil inicia nesta terça-feira o uso de equipamentos de fumacê nos bairros da Zona Sul da cidade, como reforço às estratégia de prevenção e combate à dengue. O fumacê vem sendo usado, desde outubro, na região de Jacarepaguá.

A operação na região envolve cerca de 30 profissionais e será feita durante o mês de novembro, preferencialmente no horário da manhã, período em que o mosquito Aedes aegypti costuma voar. O cronograma prevê a passagem dos carros nas ruas dos bairros de São Conrado, Gávea, Leblon, Jardim Botânico, Lagoa, Humaitá, Botafogo, Urca, Copacabana e Glória.

Agentes de saúde com aparelhos portáteis também aplicarão o produto inicialmente em oito comunidades, onde os automóveis não conseguem circular: Comunidade Mangueirinha, Dona Marta, Parque da Cidade, Vila Canoas, Ladeira dos Tabajaras, Morro do Cantagalo, Pavão-Pavãozinho e Morro dos Cabritos.

É a primeira vez que o fumacê é usado em larga escala na cidade como forma de prevenção, e sua utilização é uma das estratégias para bloqueio da dengue. Seu uso ocorrerá de forma complementar a um conjunto de medidas, que incluem o controle do vetor e combate a criadouros, larvas e possíveis focos. Além disso, a Prefeitura manterá as ações de rotina e reforçará trabalhos em pontos estratégicos, com mutirões para remoção de objetos abandonados e lixo e eliminação de locais propícios à proliferação de focos do mosquito Aedes aegypti.