PF faz operação para desarticular quadrilhas que lesavam a Previdência no Rio

RIO - A Polícia Federal, o Ministério Público Federal e o Ministério da Previdência Social deflagraram nesta terça-feira a Operação Teníase para cumprir 33 mandados de prisão e 81 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo da 4ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. O objetivo da operação é desarticular quadrilhas que obtinham benefícios irregulares nas agências da previdência social do bairro de Fátima, em Niterói, Copacabana, Cosme Velho, Itaboraí e Teresópolis.

A apuração preliminar apontou que os crimes geraram prejuízos de pelo menos R$ 7 milhões por mês.