TV vai selecionar produções de 70 unidades da rede de ensino de Petrópolis

 

A Secretaria de Educação, por meio da Divisão de Projetos Áudio Visual, enviará na próxima semana para a TV Escola, mais de 150 produções em vídeo contendo trabalhos de 70 escolas da rede municipal de ensino que estão participando de mais uma edição do Festival de Vídeo nas Escolas, sobre o tema “Escola e Cidadania".  

A TV Escola, emissora veiculada ao Ministério da Educação, vai ficar responsável pela seleção dos melhores trabalhos e envolverá profissionais ligados as áreas de televisão e publicidade na Comissão Julgadora. De acordo com a professora Ana Lucia de Souza, responsável por toda a organização do festival, os melhores trabalhos de Petrópolis serão incluídos na grade de programação da emissora para exibição a partir março de 2011. Ela comentou ainda que a qualidade das mídias apresentadas por todas as escolas tem surpreendido.

 “Por conta das diversas oficinas que realizamos durante o ano, os trabalhos tiveram uma melhora acentuada na qualidade. Tem escolas que utilizaram até animação gráfica”, disse ela.

A professora Ana Lúcia informou que a entrega dos troféus e medalhas dos trabalhos selecionados pela Comissão Julgadora, nas categorias educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, jovens e adultos, incluindo o Pró-Jovem Urbano, vai acontecer no dia 17 de novembro, às 13 h, no Theatro Dom Pedro. “De 19 a 26 de novembro, na Sala de Cinema Umberto Mauro, no Centro de Cultura Raul de Leoni, serão exibidos todos os vídeos participantes do Festival em dois horários, 10h às 12h e de 14h às 16h", ressaltou. 

Este ano, a Secretaria de Educação vai prestar uma homenagem, por meio do Festival de Vídeo nas Escolas, a Produções César Nunes, que desde 1940 registrou cinematograficamente fatos históricos em Petrópolis e no Brasil.

A secretária de Educação, professora Maria Alice Lima, aguarda com ansiedade a exibição dos vídeos de 2010. "É um festival envolvente, que desperta no aluno e nos professores um grande interesse em produzir trabalhos com qualidade. Já participei do festival no ano passado quando era diretora do Centro de Capacitação em Educação Frei Memória. Agora, como secretária vou continuar incentivando este tipo de evento na rede municipal de ensino".

O professor de inglês da Escola Municipal Gunnar Vingren, na Rua Padre Moreira, no Valparaíso, Carlos Seabra, mais conhecido como professor Joe, está empolgado e satisfeito por estar participando desse projeto tão importante para a rede municipal de ensino. Há 11 anos desenvolvendo projetos na área de teatro, Joe antecipou que os alunos se empenharam em produzir um bom trabalho sobre o tema, tendo como tema subsequente, Ponto do Saber, um programa de tv que ajuda ao telespectador a aprender. 

"Foi mais um grande desafio pesquisar aprender com os alunos sobre o tema. Esse novo roteiro foi mais um desafio para nós. Pesquisamos e aprendemos muito, abordando assuntos de extrema importância para o bom andamento da escola. Adquirimos a consciência cidadã, o aluno pode contribuir bastante para transformar para melhor a comunidade em que vive, e assim ajudar a construir uma sociedade mais justa e solitária", afirmou.