Professora suspeita de pedofilia será transferida para Bangu 8

 

Presa sob suspeita de abusar sexualmente de duas alunas de apenas 13 anos, a professora de matemática Cristiane Teixeira Maciel Barreiras, 33 anos,  será transferida nesta quinta-feira para o presídio de Bangu 8, na Zona Oeste do Rio. A polícia afirmou que o diretor da escola em que a educadora dava aulas também será convocado a depor.

Mesmo com a possibilidade de passar até 30 anos na prisão, a professora afirmou, nesta quarta-feira, que pretendia continuar a relação amorosa com sua aluna de 13 anos com quem mantinha relações sexuais há seis meses. Ela foi presa por policiais civis da 33ª DP (Realengo), depois de denúncia de desaparecimento feita pela mãe da menor.

Em depoimento, a professora admitiu aos policiais o relacionamento amoroso e afirmou ser apaixonada pela adolescente. Cristiane disse que os primeiros encontros ocorreram em seu carro, perto do colégio. Depois, as duas passaram a frequentar motéis e ir até a casa da professora quando o marido dela não estava. Cristiane foi autuada por estupro de vulnerável e corrupção de menor, com agravante de ser professora.

A mãe da adolescente contou que sabia do relacionamento há quatro meses. Ela fez uma denúncia à 8ª Coordenaria Regional de Educação (CRE) e procurou a direção da escola, que teria pedido que não levasse o caso adiante, pois a professora seria transferida. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, a professora está afastada desde o mês passado e uma sindicância foi aberta.