Campanha Natal sem Fome dos Sonhos começa no Dia Nacional do Livro

A Ação da Cidadania lança nesta sexta-feira, dia 29, a 18ª edição da Campanha Natal sem Fome dos Sonhos, em comemoração ao Dia Nacional do Livro e aos 200 anos da Biblioteca Nacional. Neste dia, em diversos estados, se inicia a coleta de brinquedos e livros infanto-juvenis para distribuição em comunidades pobres, ao final do ano.

No Rio de Janeiro, o evento de lançamento acontece de 10h às 13h, na Praça Floriano, na Cinelândia, em frente às escadarias da Câmara Municipal, onde será montado um palco para apresentações musicais, contação de histórias e um sarau de poesia, com atores, poetas e crianças da comunidade da Ladeira dos Tabajaras (Copacabana). Os direitos estabelecidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) são o tema desta edição.

Entre as atrações programadas, estão o grupo de percussão Tambor Carioca; o Coral da Transpetro; o grupo Chorando Baixinho, formado por músicos da Escola Villa-Lobos; e o cantor Zé Miguel da Trindade, autor de “Criança é pra brincar e ler”, nova música-tema da campanha. Um coral formado por crianças da Ocupação Zumbi dos Palmares/Comitê Zé Kéti irá apresentar a música pela primeira vez, acompanhado pelos jovens percussionistas do Grupo Cultural Lata Doida, todos moradores de comunidades de Realengo. A Orquestra de Tambores Robertinho Silva e Carlos Negreiros encerra as atividades no palco.

A exemplo das últimas edições da campanha, uma grande mesa decorada com livros, simbolizando a fome de cultura e de educação do povo brasileiro, traz a idéia de um “banquete literário”. Serão cinco grupos de mesas, representando as regiões do País, com informações sobre os índices de pobreza e analfabetismo da população dos estados. Alguns parceiros da campanha irão contribuir com a ornamentação das mesas, entre eles, a Associação Brasileira de Odontologia (ABO-RJ), a Associação de Professores Públicos Ativos e Inativos do RJ (APPAI), a Caçula e o Instituto Nacional de Tecnologia (INT).

Em diversas tendas espalhadas pela praça serão realizadas atividades educativas, que incluem oficinas de contação de histórias, com as lideranças da Ação da Cidadania; roda de poesia e oficina de artesanato com material reciclável, oferecidas pela APPAI; e oficina de pintura promovida pela Caçula.

Uma tenda também será montada no local para receber as doações do público, vender as camisetas da campanha com a criação do Ziraldo e abrigar os carrinhos do projeto Espaços de Leitura, bibliotecas móveis que transportam cerca de 100 livros nas comunidades.

A campanha em 2010

Seguindo o mote “Criança é pra brincar e pra ler”, lançado em 2006, o Natal sem Fome dos Sonhos recolhe brinquedos e livros infanto-juvenis. A campanha serve de instrumento para denunciar a violação do direito das crianças e jovens de estudar e brincar, além de reivindicar um ensino fundamental de qualidade no País.

A logística será a mesma das edições anteriores, com a implantação de postos de coleta em empresas, escolas, universidades, lojas e locais públicos. Alguns eventos já estão programados e outros poderão ser incluídos na agenda da campanha, que vai até 18 de dezembro. 

Os brinquedos coletados serão distribuídos a crianças de bolsões de pobreza de 20 municípios do Rio, na noite de Natal, pelos Comitês Locais da Ação da Cidadania. Já os livros servirão para abastecer os Espaços de Leitura – bibliotecas móveis organizadas pelos líderes comunitários da entidade, que promovem atividades de incentivo à leitura e a identificação de analfabetos nas comunidades, além do empréstimo de livros. Em 2009, o Natal sem Fome dos Sonhos arrecadou 180 mil brinquedos e 28 mil livros só no estado do Rio. 

A partir da data do lançamento, as doações já podem ser entregues no Rio nos seguintes locais: Centro Cultural Ação da Cidadania, estações do Metrô, Barrapoint Shopping Center, Centro Empesarial Mourisco, Universidade Gama Filho, lojas Caçula e Julio Bogoricin.

Maiores informações sobre as formas de participação na campanha são obtidas no site www.acaodacidadania.com.br ou pelo telefone (21) 2233-7460. 

(Informações da Assessoria de Imprensa)