São João de Meriti transfere sete pacientes para rede estadual

A prefeitura de São João de Meriti, no Rio de Janeiro, informou que sete pacientes que estavam em unidades de atendimento do município foram transferidos na segunda-feira para unidades estaduais, onde há vagas de CTI e UTI. De acordo com a prefeitura, cinco pacientes foram levados para o Hospital de Saracuruna, em Duque de Caxias, um para o Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e o outro para o Iaserj, no Rio.

De acordo com a prefeitura, dos sete pacientes, quatro tiveram Acidente Vascular Cerebral (AVC). Os outros tiveram traumatismo craniano, infarto e aneurisma cerebral.

Desde o fim de semana, três pessoas que aguardavam leitos em CTIs de unidades estaduais morreram em unidades do São João de Meriti. Solano dos Santos, 77 anos, morreu no sábado de infarto do miocárdio e estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Jardim Iris. Magda Lúcia dos Santos, 61 anos, morreu no domingo no posto da Vila São João. Édio Cavalheiro, 79 anos, morreu na segunda-feira por conta de três insuficiências - hepática, cardíaca e renal - na UPA de Jardim Iris.

O Terra aguarda posicionamento da Secretaria Estadual de Saúde sobre o estado dos pacientes transferidos.