Policial Militar mata a mulher e comete suicídio em Realengo

O soldado da Polícia Militar, Rodolfo de Souza, de 31 anos, matou a tiros sua mulher Érica Braga, de 30, e depois atirou contra o próprio peito.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o casal já estava morto com a chegada do socorro, por volta das 21h desta quarta-feira. Vizinhos contaram aos militares que ouviram uma discussão dentro da casa do PM, na Rua Jaime Carvalho, em Realengo.