Meios de transporte de massa funcionam normalmente no dia das Eleições

Quem precisar se deslocar para votar no domingo a recomendação é não fazê-lo em carro particular, mas utilizar um dos meios de transporte de massa, como metrô, trem e ônibus. Os três segmentos de condução coletiva estarão em pleno funcionamento no dia. O metrô vai funcionar normalmente das 7h às 23h. A Supervia disponibilizará todos os seus trens e ainda colocará composições extras de manhã e de tarde para atender a demanda de passageiros. E, da mesma forma, todas as empresas de ônibus de passageiros vão operar com 100% da frota, ou seja, incluindo os adicionais.

Em relação ao metrô, como já acontece nos finais de semana, a Linha 2 vai operar da Pavuna ao Estácio, onde os passageiros podem fazer a transferência para a Linha 1. Os ônibus-metrô de superfície, que saem das estações Botafogo e General Osório, em direção à Gávea, vão funcionar seguindo os horários das linhas 1 e 2. As linhas de integração expressa também adotam o mesmo esquema.

Quanto aos trens, o horário de funcionamento da rede vai de 5h28 às 20h40, mas, dentro deste período, a Supervia colocará trens especiais com destino à Central do Brasil, partindo das estações de Saracuruna às 9h20 e 10h e de Belford Roxo, às 8h35 e 9h40. Após o término da votação, trens extras partirão da Central do Brasil com destino às estações de Japeri (19h40 e 20h40), Santa Cruz (19h20 e 20h20), Saracuruna (18h40 e 19h10) e Belford Roxo (17h40 e 19h20).

Confira abaixo os intervalos:

• Ramal Santa Cruz: intervalos de 30 minutos

• Ramal Japeri: intervalos de 30 minutos

• Ramal Belford Roxo: intervalos de 60 minutos

• Ramal Saracuruna: intervalos de 45 minutos

Para os eleitores que utilizarem o metrô, a melhor opção é fazer a integração com a SuperVia nas estações Central do Brasil, São Cristóvão, Triagem ou Pavuna. Já a integração com os ônibus é realizada nas estações Central do Brasil, Méier, Cascadura, Madureira, Marechal Hermes, Deodoro, Bangu, Campo Grande, Nova Iguaçu e Santa Cruz. A concessionária sugere a aquisição do Cartão MultiPass, com as passagens de ida e volta antecipadas, com o objetivo de facilitar o embarque.

Em relação aos ônibus, as empresas também colocarão nas ruas os 10% de veículos da reserva técnica de cada uma. São os ônibus que costumam ficar nas garagens para atender emergências, como substituir ônibus acidentados ou com pane técnica. Na capital do estado, a frota adicional é de 800 ônibus e, na Região Metropolitana, de 1,2 mil coletivos.