Prefeitura firma convênio com IAB para concurso de projetos olímpicos

Juliana Romar e Flávia David, JB Online

RIO - A Prefeitura do Rio e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ) firmaram parceria para a realização de um Concurso Público Nacional que vai selecionar Estudos Preliminares de Arquitetura e Urbanismo para a construção dos equipamentos olímpicos que serão construídos na região do Porto. O objetivo é impulsionar o projeto de revitalização daquela área.

O convênio, que também prevê a urbanização do entorno daquela região, foi assinado pelo prefeito Eduardo Paes, o presidente do IAB, Sérgio Magalhães e o presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), Carlos Arthur Nuzman, durante o intervalo das reuniões realizadas com integrantes do Comitê Olímpico Internacional (COI), na sede do COB, na Barra da Tijuca.

O concurso terá duração de cinco meses (contados a partir da assinatura do contrato) e irá selecionar a melhor proposta para a construção dos equipamentos olímpicos permanentes (Vila de Mídia, Vila de Árbitros, Centro de Mídia não Credenciada e Centro Operacional de Tecnologia) e temporários (Centro Principal de Operações, Centro de Credenciamento e Distribuição de Uniformes, Centro Principal de Credenciamento, Centro Principal de Distribuição). O júri será composto por representantes do IAB, da Prefeitura e do Comitê Organizador Rio 2016 (CO-Rio 2016).

De acordo com o prefeito Eduardo Paes, o processo de transferência de alguns equipamentos olímpicos para o Porto é fundamental para o desenvolvimento da cidade:

- Esse convênio que está sendo assinado é para a realização de um concurso público para definir parâmetros urbanísticos e a forma de ocupação daquela região no entorno da Avenida Francisco Bicalho. Além dessa iniciativa, a Prefeitura vai elaborar uma espécie de Plano Diretor Olímpico, via decreto do prefeito, com regras claras do que pode e do que não pode para olimpíada afirmou.

Para o presidente do IAB, Sérgio Magalhães, esse é um passo importante e retrata um futuro melhor e com mais qualidade para a cidade:

- A participação do IAB se dá para mostrar que os arquitetos são parceiros e, sobretudo, interessados em que o Rio de Janeiro seja uma cidade cada vez melhor. Temos que fazer com que este concurso de aproveitamento das áreas da região do Porto seja um instrumento de desenvolvimento da cidade como um todo destacou.

O concurso irá diplomar os autores das propostas classificadas ou merecedoras de menções honrosas e premiar, em dinheiro, as três melhores propostas. Os projetos e a construção dos equipamentos deverão ser baseados nos conceitos da Arquitetura Sustentável, um paradigma para os empreendimentos na área do projeto Porto Maravilha, conforme diretrizes expostas na Lei Complementar n° 101/2009.

Reunião com o Comitê Olímpico Internacional

No fim do evento, o prefeito Eduardo Paes deixou a sede do Comitê Olímpico Brasileiro, na Barra da Tijuca, onde passou o dia reunido com a marroquina Nawal El Moutawakel e o suíço Gilbert Felli, respectivamente presidente e diretor-executivo da Comissão de Coordenação dos Jogos Olímpicos Rio 2016, além de técnicos do COI, que estão em mais uma visita à cidade. O objetivo do encontro foi discutir a preparação do Rio de Janeiro para as Olimpíadas de 2016 com representantes dos governos municipal, estadual e federal e do Comitê Organizador dos Jogos.

O prefeito ressaltou o clima de otimismo por parte da delegação estrangeira e disse que tudo está dentro do tempo programado.

O diretor-executivo da Comissão de Coordenação dos Jogos Olímpicos Rio 2016, Gilbert Felli afirmou estar muito satisfeito com o trabalho que está sendo realizado pelo Rio e com o progresso desse trabalho. Ele disse ainda que está certo de que todos os prazos serão cumpridos.

À tarde, ao deixar o local, o secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto, informou que os traçados de BRT da Transoeste, Transcarioca, Transolímpica e da Avenida Brasil apresentados na reunião foram bem recebidos pelos membros e técnicos do COI:

- Além de verificar todos os níveis de detalhes d