Menino morre atingido por bala perdida em hospital

JB Online

RIO - Mateus Queiroz, 13 anos, foi vítima de bala perdida que o acertou no pescoço dentro do Centro Municipal de Saúde de Duque de Caxias, no Centro do município. Ele acompanhava a avó, identificada apenas como Linete. Mateus recebeu imediatamente os primeiros socorros da equipe da unidade. A princípio, os médicos pensaram que o menino tinha caído inconsciente sem motivo aparente, quando jogava uma casca de banana no lixo.

O primeiro atendimento foi para verificar se houve traumatismo craniano por causa da queda, já que ele bateu com a cabeça no chão. O menino foi encaminhado para o Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo, na Rodovia Washington Luiz, onde deu entrada às 13h40 de segunda-feira (13). Depois de uma radiografia da cabeça para verificar o motivo do sangramento constante, os médicos encontraram a bala alojada no pescoço da criança.

O Centro de Saúde fica em frente à Favela do Lixão, na Rodovia Presidente Kennedy, mas de acordo com o 15º BPM, não há registro de confronto entre policiais e traficantes ou mesmo entre traficantes rivais na região no momento da morte do menino. Mateus teve morte cerebral decretada e faleceu às 18h20 do mesmo dia no próprio hospital.

Segundo Maria Auxiliadora, uma vizinha da família, nenhum dos parentes falou sobre qualquer troca de tiros no momento da ocorrência. Mateus será enterrado no cemitério do Tanque do Anil, em Duque de Caxias, às 11h desta quarta-feira (15).