Menino é atingido por bala perdida em hospital quando acompanhava avó

JB Online

RIO - Mateus Queiroz, 13 anos, levou um tiro de bala perdida no pescoço quando acompanhava a avó, identificada apenas como Linete, no Centro Municipal de Saúde de Duque de Caxias, no Centro do município. Ele recebeu os primeiros socorros da equipe da unidade de saúde imediatamente. A princípio os médicos pensaram que o menino tinha caído inconsciente sem motivo aparente, quando jogava uma casca de banana no lixo.

O primeiro atendimento foi para verificar se houve traumatismo craniano por causa da queda, já que ele bateu com a cabeça no chão. Ele foi encaminhado para o Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo, na Rodovia Washington Luiz, onde deu entrada às 13h40 de segunda-feira (13). Somente no hospital que os médicos perceberam que ele tinha levado um tiro. Depois de uma radiografia da cabeça para verificar o motivo do sangramento constante, que a bala foi encontrada alojada no pescoço da criança.

De acordo com o 15º BPM, o Centro de Saúde fica em frente à Favela do Lixão, na Rodovia Presidente Kennedy, mas não há registro de disparo ou ocorrência policial na região no momento da morte do menino. Mateus teve morte cerebral decretada e faleceu às 18h20 do mesmo dia no próprio hospital.

Segundo a vizinha da família, Maria Auxiliadora, Mateus será enterrado no cemitério do Tanque do Anil, em Duque de Caxias, às 11h desta quarta-feira (15).