ISP-RJ divulga balanço de ocorrências de julho de 2010

JB Online

RIO - O Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro divulgou nesta terça-feira (14) o balanço das incidências criminais e administrativas do estado, no mês de julho. Na comparação com o mesmo período de 2009 a quantidade de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) caiu 19% e passou de 394 no ano passado para 324 este ano. O número total de roubos diminuiu 25% (de 11.601 para 9.881), enquanto os furtos tiveram aumento de 1% (13.962 contra 14.152). A quantidade de registros de ocorrências aumentou na comparação anual e passou de 55.197 para 55.674.

Os autos de resistência (resistência com morte do opositor) diminuiram 35% e passaram de 87 casos em 2009 para 57 em 2010. A quantidade de latrocínios (roubo seguido de morte) no estado se manteve praticamente estável, passando de 18 para 12, em 2010. Os roubos de rua que incluem transeuntes, roubo de celular e dentro de ônibus, que em 2009 foram 7.558, dimuiram 24%, chegando a 6.516 registros.

O cumprimento de mandados de prisão diminuiu de 1.173 para 1.146, em julho de 2010, assim como as armas apreendidas: 760 unidades em 2009, para 579. A quantidade de drogas apreendidas caiu de 916 para 763. As prisões aumentaram de 1.501 para 1.576, enquanto que foram apreendidas 18 crianças e adolescentes a mais do que em julho de 2009.

As ameaças aumentaram 15% (794), de 5.352 para 6.146, este ano. Três policiais morreram em confronto em 2010, enquanto apenas um morreu em 2009.