Infestada por pulgas, universidade é dedetizada no Rio

JB Online

RIO DE JANEIRO - Diversos setores da Universidade Castelo Branco, em Realengo, na Zona Oeste do Rio, foi dedetizada, nesta sexta-feira, após ser infestada por pulgas.

Alguns alunos fizeram a denúncia a instituição, após constatarem que a secretaria geral da universidade estaria fechada desde a última quinta-feira. Entretanto, segundo comunicado divulgado pela universidade, isso não teria acontecido.

A universidade também não soube informar como o problema começou, mas informou que alguns funcionários tiveram atendimento médico, após a dedetização.

Confira a íntegra da nota enviada pela Universidade:

"Cumpre informar que a Universidade Castelo Branco realizou procedimento regular de dedetização em diversos setores da instituição através da empresa especializada, devidamente registrada e certificada e por esta razão todos os funcionários desses setores foram deslocados para atendimento aos alunos em outros locais, sem qualquer paralisação dos serviços que continuam regularmente. Informamos, ainda, que alguns funcionários que já contavam com um histórico de alergia e pré-disposição a esses sintomas, apresentaram reações alérgicas, recebendo imediato atendimento na clínica situada na instituição".