Saúde destina R$ 4,2 milhões para UPAs na Rocinha e no Morro do Alemão

Agência Brasil

RIO - O governo federal destinou R$ 4,2 milhões para serem aplicados em infraestrutura de saúde nas favelas da Rocinha e do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. A portaria do Ministério da Saúde foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira.

Os recursos serão investidos na implantação de unidades de Pronto-Atendimento 24 horas (UPAs 24h), como parte da Política Nacional de Atenção às Urgências. As UPAs 24h são estruturas intermediárias entre as unidades Básicas de Saúde e as portas de urgência hospitalares.

A estratégia de atendimento está diretamente relacionada ao trabalho do Serviço Móvel de Urgência (Samu) que organiza o fluxo de atendimento e encaminha o paciente ao serviço de saúde adequado à situação.

O conjunto de favelas do Alemão e a Rocinha estão na lista das comunidades beneficiadas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. O dinheiro do PAC vai beneficiar favelas do Rio e também de outros municípios da região metropolitana do Rio.