Polícia busca falso médico que deu alta a criança desacordada

Portal Terra

RIO - O delegado Luiz Henrique Marques Pereira, titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV), divulgou nesta segunda-feira fotos do falso médico que teria atendido uma criança de cinco anos internada em coma no Hospital Amiu, em Botafogo, zona sul do Rio. O falso médico teria dado alta para a criança que ainda estava desacordada no Hospital RioMar,na zona oeste.

A polícia informou que as imagens foram extraídas do circuito interno de TV do Hospital. O titular pede que as pessoas que possam identificar o falso médico entrem em contato com o Disque-Denúncia ou com a DCAV pelo telefone: (21)2333-4118.

O suspeito utilizava o nome do médico André Lins de Almeida, que prestou depoimento dia 29 de julho, quinta-feira. O nome dele constava no prontuário. André reconheceu o número do seu CRM no documento, mas disse que nunca trabalhou no RioMar.

O caso está sendo investigado pela Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav). A garota teve morte cerebral técnica, segundo o conselheiro tutelar Edmilson Ventura. A suspeita é que ela tenha sido espancada e torturada pelo pai, um advogado. De acordo com Ventura, a criança apresentava hematomas que evidenciam maus-tratos.