Livro que aborda novas perspectivas sobre drogas será lançado no Rio

Agência Brasil

RIO - Em homenagem ao Dia Mundial de Combate às Drogas, comemorado em 26 de junho, o Movimento Viva Rio, em parceria com o Ministério da Cultura, lança hoje, no Rio, o livro Drogas e Cultura: Novas Perspectivas, uma coletânea de 17 especialistas sobre o tema entorpecentes.

O diretor executivo do Viva Rio, Rubem César Fernandes, afirmou que o livro quer romper o tabu e abordar o assunto das drogas de forma mais clara, visando a atingir melhores resultados. O livro tem a proposta de promover uma mudança profunda no mundo das drogas. O mundo inteiro está revendo o tema. A história da política de entorpecentes é marcada por fracassos. Não houve diminuição do consumo, pelo contrário, as drogas se multiplicaram, assim como o índice de usuários e a violência. Países como a Colômbia, o Peru e o próprio Brasil comprovam esse fato .

Segundo o chefe de gabinete da Secretaria de Políticas Culturais do Ministério da Cultura, Fabio Kobol, o livro apresenta um prisma diferente dos já lançados anteriormente sobre as drogas. A obra foi feita sob uma perspectiva mais ampla, diferente das demais que tratavam somente de aspectos policiais e psiquiátricos. Esse livro aborda a questão cultural, religiosa e histórica dos entorpecentes .

Fabio Kobol disse ainda que o livro vai muito além de apenas valorizar o papel das ciências humanas na reflexão sobre as drogas. Ele explica que o tema é abordado por meio de uma perspectiva multidirecional, considerando não só seus aspectos farmacológicos e psicológicos, mas também socioculturais e comportamentais.

Junto com o lançamento do livro, o Vivo Rio e o Ministério da Cultura vão promover uma mesa-redonda com o objetivo de derrubar preconceitos e dar oportunidade aos participantes de tirar dúvidas e sugerir mudanças sobre o assunto.

Alguns dos autores e organizadores do livro, entre eles Tiago Coutinho e Maurício Fiore membros do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos (Neip) e o diretor executivo do Viva Rio, Rubem César Fernandes, vão participar do debate.