Revitalização do Canal do Fundão deve ser concluída em 2011

Agência Brasil

RIO DE JANEIRO - As obras de revitalização do Canal do Fundão, que separa a Ilha do Fundão da zona norte da cidade do Rio de Janeiro, deverão ser concluídas até o primeiro semestre do ano que vem. A previsão é da Secretaria Estadual do Ambiente que coordena os trabalhos de retirada de resíduos do fundo do canal poluído e de revitalização do seu entorno.

A primeira etapa das obras, que inclui a dragagem de grande parte do canal, foi iniciada em maio do ano passado e tem conclusão prevista para o final deste ano. Já a segunda etapa, iniciada hoje (16), deve ser concluída até março de 2011.

Esta segunda fase inclui o desassoreamento da área sul do canal, onde ficam os estaleiros navais do Caju. A ideia é tirar 8 metros de resíduos do fundo do canal, para permitir a circulação de grandes embarcações.

São cinco ou seis estaleiros da ponta do Caju que poderão gerar mais 6 mil empregos porque terão condições de trazer embarcações de grande porte , disse a secretária estadual do Ambiente, Marilene Ramos.

Também está prevista a construção de uma ponte ligando a Ilha do Fundão, onde fica o campus principal da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), à Linha Vermelha e a urbanização da Vila Residencial da Ilha do Fundão, onde moram cerca de 1,4 mil pessoas.

As obras, que têm o custo de R$ 270 milhões, estão sendo coordenadas pela Secretaria Estadual do Ambiente e financiadas pela Petrobras, que arrendou um dos estaleiros do Caju.