Rio vai capacitar 20 mil profissionais para atender turistas até 2014

Agência Brasil

RIO - A prefeitura carioca e o governo federal lançaram nesta segunda-feira, no Palácio da Cidade, zona sul da capital fluminense, o projeto Rio + Hospitaleiro que vai capacitar 4 mil profissionais do ramo de turismo, alimentação, transporte e segurança, com foco na Copa de 2014 e nas Olimpíadas de 2016. Os recursos de R$ 1,5 milhão são do Ministério do Turismo e o curso começa ainda neste mês.

Os alunos terão 28 horas de aulas presenciais sobre noções de turismo, história da cidade, ética profissional, educação ambiental e relações interpessoais. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em sindicatos e associações voltados para a área do turismo, além da própria Riotur.

O prefeito Eduardo Paes (PSDB) disse que não basta a fama de simpático do carioca para atrair turistas, é fundamental que haja qualidade nos serviços.

Quando você tem um serviço ruim de atendimento a impressão que fica do lugar, por melhor que tenham sido os produtos ofertados, é a pior possível, desde o táxi no aeroporto, um problemaço no Rio por causa das irregularidades e que estamos combatendo, até o atendimento no hotel, no restaurante. Investir em capacitação dos profissionais é o único caminho que temos para enfrentar este problema.

Paes anunciou que estão sendo analisadas várias oportunidades para consolidar a posição do Rio como um dos maiores destinos turísticos para depois de 2016. Uma delas seria a construção de hotéis e apart hotéis na zona portuária, região da cidade que passa atualmente por revitalização. Na zona portuária podemos expandir outros tipos de exploração hoteleiras que não são permitidas em outras áreas da cidade, como os apart hotéis.

O ministro do Turismo, Paulo Barretto, admitiu que os desafios da cidade na organização dos futuros eventos esportivos são muitos, mas se disse otimista.

Há ainda muito o que ser feito, o aeroporto do Galeão, por exemplo, é um desafio importante, que tenho certeza que vamos superar, a questão da qualificação profissional do nosso receptivo e dos nossos hotéis também. Mas estou otimista, pois há investimentos e a segurança pública está indo muito bem e acho que estamos caminhando bem e temos todas as possibilidades de viabilizar as oportunidades que a gente tem.

Durante a solenidade, Barreto anunciou que dois novos voos diretos do Rio começam a operar em junho: um da companhia aérea TAM para Nova York e outro da Taca para Lima. E as negociações com a American [Airlines] de um voo direto do Rio para Nova York estão bastante avançadas.

Segundo dados da Riotur, em 2009, mais de 60 eventos foram realizados na cidade neste período, deixando a cidade na terceira posição na América do Sul, atrás de São Paulo e Buenos Aires. A expectativa da prefeitura é que até 2014 sejam criados 170 mil novos empregos, sendo 100 mil no setor de turismo.