Leonardo Boff recebe medalha na Câmara Municipal

Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - O teólogo e articulista do Jornal do Brasil Leonardo Boff, de 71 anos, foi condecorado na segunda-feira com a Medalha de Mérito Pedro Ernesto, a mais importante comenda do município do Rio de Janeiro. Em cerimônia realizada na Câmara de Vereadores, o ex-padre recebeu a láurea das mãos do parlamentar Eliomar Coelho (Psol), autor do pedido.

De acordo com Leonardo Boff, que abandonou a batina em 1992, depois de passar sete anos sob silêncio obsequioso imposto pela Igreja Católica pelas ideias que difundia, outras pessoas também merecem a condecoração.

Muitos outros merecem essa medalha. Graças à Deus, outras pessoas também lutam pela preservação ambiental e pelo futuro da humanidade disse o catarinense de Concórdia.

O vereador Eliomar Coelho, líder do Psol na Câmara, justificou a homenagem.

O deputado federal Chico Alencar (Psol), quando vereador, em 1996, propôs a condecoração. Mas, naquele tempo, Boff estava recluso. Agora, aceitou. Nada mais justo. É um homem que pensa e se dedica à reflexão, buscando compreender o mundo e os meios para construir um humanismo afirmou Eliomar.