Itaboraí: Justiça defere pedido de MP e interdita posto de gasolina

JB Online

RIO - A Justiça deferiu, ontem (06/05), o pedido do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro para interditar o Posto de Gasolina Metta, localizado na Avenida 22 de Maio, 6900, em Venda das Pedras, Itaboraí, para apurar a prática de crimes de tráfico de drogas e contravenções penais no local. A determinação judicial foi cumprida no mesmo dia pela 71ª Delegacia de Polícia da região.

Segundo o documento apresentado pelo MP, o estabelecimento era palco de condutas ilícitas, como o consumo de bebidas e fumo perto das bombas de abastecimento, a utilização de aparelhos sonoros em alto volume e a aglomeração de pessoas em áreas que exigem segurança máxima. Constatou-se ainda a ausência de fiscalização e controle por parte da Prefeitura, além de haver falha no policiamento.

A Justiça já havia determinado a interdição parcial do posto, com a consequente proibição de festas no pátio e na loja de conveniência, mas as arruaças continuaram. O MP solicitou, portanto, a interrupção das atividades do estabelecimento por prazo indeterminado, impedindo a realização de toda e qualquer atividade econômica ou não no local.

O Ministério Público entende que é dever do Estado coibir a prática de atos contrários à ordem pública e ao direito, e que ponham em risco a segurança de funcionários, clientes e transeuntes. A medida de interdição objetiva, assim, acabar com a prática de atos ilícitos, restaurando a ordem.

AS INFORMAÇÕES SÃO DA ASSESSORIA DE IMPRENSA