Do Leme ao Pontal num Opala

Marcelo Fernandes, Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Com uma exposição neste fim de semana na Galeria Movimento, no Shopping Cassino Atlântico, em Copacabana, o grafiteiro Tomaz Viana, o Toz, vibra com a migração das ruas para as galerias.

Uma coisa é você viver só em galerias. Eu nunca deixarei de grafitar nas ruas afirma ele, que conhece o Rio como ninguém, claro.

Perfil

Nascido em Salvador há 34 anos, veio para o Rio aos 13. Começou a grafitar com amigos da faculdade em 1997. Formado em Design, desenhava desde criança, inspirado em quadrinistas brasileiros. Foi um dos fundadores do grupo Fleshbeck Crew.

Sabor do Rio: Braseiro, Nova Capela e BB Lanches.

Livraria: Da Travessa.

Teatro: Os do Shopping da Gávea.

Museu/Casa de Cultura: MAM, CCBB e o Centro Cultural da Caixa.

Padaria: Lorena, perto da minha casa no Alto Gávea. Lá, tem o melhor pão doce.

Cinema: Qualquer um que tenha o filme que eu quero ver. Os mais novos são mais confortáveis.

Feira: A da Praça do Jockey e a do Jardim Botânico.

Melhor pôr-do-sol: Na Praia de Ipanema.

Maior furada do Rio: Sair de casa, no Alto Gávea, na hora da saída das escolas! É um inferno!

Dica secreta : Passear pelos parques da Catacumba, da Cidade e Mirante do Leblon.

Fora da Zona Sul: Bar do Bira, em Grumari.

Rio antigo: Santa Tereza.

Maior saudade: Do Zoeira Hip Hop, na Lapa. Era um ponto de encontro da galera do grafite.

Passeio: Do Leme ao Pontal com meu Opala.

Alma do Rio: O carioca

Beleza do Rio: Minha mulher, Maria Clara.

Quando você sabe que está no Rio? Quando cheguei à cidade bem pequeno, o que mais me marcou foi o tamanho do Túnel Rebouças e da Lagoa-Barra.

Quando você sabe que não está no Rio?

Quando sobrevoo a cidade que estou chegando.

Melhor papo: No Baixo Gávea.

Que lugar merece um choque de ordem? A saída das escolas na Gávea.

Lugar no estádio: Não tenho uma preferência, fui poucas vezes em estádios aqui no Rio.

Melhor comida de rua: Pastel da feira com um caldo de cana.

Transporte alternativo: Bike.

O que falta no Rio? Educação no trânsito.

O que sobra no Rio? Alegria e bom humor .

Se não for o Rio, só... Salvador Bahia.

Rua bem carioca: Os calçadões.

Aventura carioca: Nas cachoeiras do Horto.

Som para lembrar do Rio: Jorge Ben Jor.

Delivery: Quando estou trabalhando, a melhor opção é uma pizza.

DJ/Festa: DJs Nado Leal, Jamanta e Jonas Rocha.

Locadora: Vídeo Nacional, na Gávea.

Frase que define o Rio: Moramos na melhor cidade da América do Sul . Sempre lembro do Rio quando ouço, mas poderia dizer que é a melhor do mundo.