Cerca de 1/4 dos táxis cariocas repovados por má manutenção

JB Online

RIO - Desde que a Subsecretaria de Fiscalização de Transportes iniciou as suas atividades, em 23 de fevereiro deste ano, o número de taxis penalizados por apresentarem irregularidades soma um total de 286, dos 984 fiscalizados nos meses de março, abril e nos quatro primeiros dias úteis de maio.

De acordo com o subsecretário de Fiscalização, Eduardo Frederico Cabral de Oliveira, as fiscalizações desta modalidade de transporte continuarão sendo constantes e diárias, em bairros diversos da cidade, com o objetivo de coibir a prática irregular e o abuso que existe na prestação deste serviço à população .

Na manhã de quinta-feira, a ação dos fiscais da Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) ocorreu na Rua Teodoro da Silva, no Bairro da Tijuca. Das 10h às 12h, e foram fiscalizados 29 taxis. Destes veículos, 11 foram penalizados, sendo oito removidos para um depósito público e três foram lacrados o que os impede de circular conduzindo passageiros com fim remunerado.

Os taxis irregulares só poderão voltar a transitar prestando o serviço à população após terem os seus problemas solucionados e serem submetidos a uma nova vistoria da SMTR.

Os motivos que ocasionaram a apreensão dos taxis vão desde a falta de autorização junto à Secretaria Municipal de Transporte (SMTR) para circular com passageiros com fim remunerado (o que caracteriza que estavam em condição pirata ) até o estado de má conservação dos veículos, que inclui ilegibilidade da placa, pneus carecas, carrocerias danificadas, Kits de gás vencidos, entre outros, fatores estes que podem colocar em risco a segurança dos passageiros.

AS INFORMAÇÕES SÃO DA ASESSORIA DE IMPRENSA