Tristeza e homenagens no adeus a Lady Laura

Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Ao som canção Lady Laura, a mãe do cantor Roberto Carlos, Laura Moreira Braga, foi enterrada nesta segunda-feira no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap (Zona Oeste). O sepultamento contou com a presença de 500 pessoas, entre amigos, parentes e fãs do Rei, que completou 69 anos de idade justamente nesta segunda.

Chorando muito, o cantor mal conseguia olhar para o caixão da mãe no momento do enterro. Ao chegar ao cemitério, Roberto foi saudado com uma salva de palmas por seus fãs, que cantavam outro sucesso seu, Jesus Cristo.

Entre os presentes, estava os cantores Erasmo Carlos e Wanderléia, amigos e antigos parceiros.

Lalá foi fundamental na vida do Roberto. Deus sabe o que faz. Ele estava no palco na hora em que ela morreu. Tenho certeza de que ela teve a chance de dar o último adeus a ele afirmou Wanderléia.

Outra amiga de palco do Rei, a cantora Rosemary descreveu Laura.

Ela foi sua maior admiradora, uma pessoa do amor e do bem. Roberto e seus irmãos são o retrato dessa criação disse.

Morte abençoada

Empresário do Rei, Dody Sirena afirmou acreditar em coincidência divina entre as datas. Foi ele quem deu a notícia do falecimento de Laura ao cantor, que fazia show em Nova York.

Ela está indo no dia em que o colocou no mundo. Depois de tanto sofrimento, Lalá esperou o momento do último show em comemoração aos 50 anos para partir. Mas a turnê segue normalmente. A coisa de que ela mais tinha orgulho era carreira do filho.

Laura passou a ser conhecida como Lady Laura, depois que Roberto compôs a música homônima em sua homenagem, em 1976. Além de ser uma de suas maiores incentivadoras, ela sempre lhe dava uma bênção antes dos shows.

Ela foi a pessoa que deu apoio integral e acompanhou toda a carreira do Roberto. O primeiro violão foi ela quem deu revelou a assessora de Roberto Ivone Cassu.

Lady Laura morreu no sábado, aos 96 anos, vítima de insuficiência respiratória decorrente de uma pneumonia. Ela estava internada havia uma semana no Hospital Copa D'Or, em Copacabana. Além de Roberto, Laura deixou outros três filhos.