Saúde envia 5 t de remédios para vítimas da chuva no Rio

Portal Terra

RIO - O Ministério da Saúde anunciou o envio de mais de 5 toneladas de medicamentos para as vítimas dos temporais no Rio de Janeiro. O material é suficiente para atender 26 mil pessoas por três meses. De acordo com a pasta, foram encaminhados 52 kits com antibióticos, antiinflamatórios, analgésicos, antitérmicos, anti-hipertensivos, ataduras, luvas e seringas.

O Departamento de Gestão Hospitalar no Rio de Janeiro disponibilizou 75 salas de cirurgia nos hospitais federais pelos próximos 20 dias. O objetivo principal é realizar cerca de 50 neurocirurgias e 230 procedimentos ortopédicos.

Para garantir o atendimento médico aos atingidos pelas fortes chuvas no Estado, o ministério informou que a jornada de trabalho dos profissionais pode ser dobrada, caso seja necessário, e cirurgias não emergenciais podem ser suspensas.

O órgão decidiu ainda antecipar a entrega de 50 ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu). Desse total, 30 serão enviadas na próxima quarta-feira para a capital fluminense, 12 para a Baixada Fluminense, e 8 para a região de Niterói.

Outra medida será a realização de campanha com orientações sobre as doenças causadas pelo contato com água contaminada.

Estragos e mortes

A chuva que castigou o Rio de Janeiro entre os dias 5 e 6 de abril deixou pelo menos 120 mortos, mais de 135 feridos, alagou ruas, causou deslizamentos e destruição no Estado. O Serviço de Meteorologia do Rio registrou no período o maior índice pluviométrico da cidade desde que começou a medição, há mais de 40 anos: 288 mm.