Médicos do Rio vão à Justiça por vacinas da nova gripe

JB Online

RIO - A Justiça informou nesta segunda-feira (22) que o Sindicato dos Médicos entrou com um mandado de segurança devido à dificuldade dos profissionais de saúde de encontrar a vacina contra a gripe influenza A (H1N1).

A segunda etapa da campanha de vacinação contra a nova gripe começou nesta segunda e vai até o dia 2 de abril.

Segundo o presidente do sindicato, Jorge Darze, muitos médicos informaram que foram até postos de saúde e não conseguiram tomar a vacina.

Na última sexta (19), o juiz do caso determinou que a Secretaria municipal de Saúde tem 72 horas para prestar esclarecimentos. De acordo com o Tribunal de Justiça do Rio, a secretaria deve ser notificada ainda esta semana.

A vacinação contra a gripe H1N1 começou no último dia 8 para profissionais de saúde e índios. No entanto, o Ministério de Saúde ampliou a vacinação e determinou que, a partir de segunda-feira (22), médicos de consultórios públicos e particulares também poderiam ser vacinados.