Beltrame diz que 59 comunidades terão UPPs até o fim de 2010

JB Online

RIO - O secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, afirmou nesta segunda-feira (22) que, até o fim de 2010, 59 comunidades serão beneficiadas pelas Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs) no estado. Nesta segunda, o Batalhão de Operações Especiais (Bope) iniciou a primeira fase de implantação da UPP do Morro da Providência, no Centro do Rio.

De acordo com Beltrame, o número engloba as comunidades que já receberam as unidades, como Cantagalo e Pavão-Pavãozinho, na Zona Sul, e Cidade de Deus, na Zona Oeste. De acordo com o secretário, ao todo, no fim de 2010, 15 UPPs terão sido instaladas. Cada uma vai beneficiar mais de uma comunidade carente.

Beltrame não quis adiantar quais as próximas favelas que receberão o projeto, mas, segundo ele, as unidades ficarão na Zona Norte.

A polícia aguarda a formação de mil policiais em abril. Parte do grupo vai integrar a equipe da UPP da Providência, que vai englobar também outras duas comunidades: Pedra Lisa e Moreira Pinto.

Os policiais do Bope ficarão na comunidade até a implantação da unidade, ainda sem previsão de acontecer. De acordo com o comandante do Bope, coronel Paulo Henrique Moraes, a ocupação não tem tempo para terminar e conta com 95 homens do Bope e 150 agente do Batalhão de Choque da Polícia MIlitar.