Inaugurado circuito de aventura na Catacumba

Caio de Menezes, Jornal do Brasil

RIO - O Parque da Catacumba, às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas e aos pés da Pedra do Urubu, está mais incrementado de atrações desde a manhã de domingo, quando foi inaugurado um circuito de aventura que explora a geomorfologia do lugar. Quem for ao parque, aberto de terça-feira a domingo, das 8h às 17h, poderá praticar rapel, tirolesa, arvorismo ou escalar sob a supervisão de especialistas da Lagoa Aventura, empresa que tem a permissão da prefeitura para operar na região pelo período de dois anos e meio.

O gestor do Parque da Catacumba, Ricardo Castelo Branco Jorge, espera que mais pessoas utilizem a área.

O público amante da natureza frequentador do parque aumentará muito. Consequentemente, a mensagem de preservação poderá chegar a gerações futuras disse ele, que imagina que as novas atrações façam com que o número de frequentadores dobre, chegando aos 500 semanais.

Um dos sócios da Lagoa Aventura, Gabriel Werneck, explicou como surgiu a ideia de explorar um circuito de aventura no Parque da Catacumba.

Percebemos que o Rio recebe muitos visitantes em busca deste modelo de atração, comum em outros países, mas inédito aqui no estado. A cidade tem vocação e beleza, daí a ideia afirmou ele.

O secretário municipal de Turismo, Antônio Pedro Figueira de Mello, disse que a utilização de parques, como o da Catacumba, para a prática de esportes de aventura deve ser ampliado para outras áreas de proteção sob responsabilidade da prefeitura. Segundo ele, essa forma de uso aprimora o trabalho de quem cuida dessas localidades.

O Parque da Catacumba é um tubo de ensaio. A experiência que está sendo feita aqui pode ser levada para outras áreas. Com a aproximação da população, os parques ficam mais movimentados, e somos mais cobrados. Isso leva a uma pressão sadia junto ao poder público para melhorar o serviço prestado lembrou.

Novo circuito de aventura

O vice prefeito e secretário municipal de Meio Ambiente, Carlos Alberto Muniz, disse que o Parque do Mendanha, em Bangu (Zona Oeste), deve ser a próxima unidade de conservação a receber um circuito de aventura na cidade.

Estamos em fase de programação, estudando a área, resolvendo alguns impasses fundiários existentes. O projeto na Zona Oeste será nos moldes da Catacumba, utilizando todas as características do local. É uma forma de incentivar a preservação e um algo a mais no lazer do cidadão carioca destacou Carlos Alberto.