Parque Dois Irmãos sofre com falta de segurança

Carolina Monteiro, Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Muitos dos locais que fazem do Rio a cidade maravilhosa não podem ser aproveitados por causa da falta de segurança. Pouco conhecido dos turistas e até mesmo de muitos cariocas, o Parque do Penhasco Dois Irmãos oferece uma belíssima vista da orla do Leblon e de Ipanema. Mas, segundo os moradores destes bairros, faltam policiamento no local e iniciativas para atrair a presença de turistas e cariocas.

O parque, que poderia ser uma ótima área de lazer para moradores e turistas, acaba sem ter muitos visitantes, pois é visto como um local perigoso. Até tiroteios já aconteceram por ali, segundo os moradores do Leblon. A Associação de Moradores e Amigos (AMA Leblon) e a Associação Comercial do Leblon dizem que deixam de investir em atividades para atrair cariocas e turistas ao local, já que a população tem receio de ir ao parque.

O medo da violência inibe quem gostaria de apreciar a vista e o parque. Até tiroteio já teve por ali afirma a presidente da AMA Leblon, Evelyn Rosenzweig.

Moradores do Leblon afirmam que a construção irregular nas áreas próximas ao Parque do Penhasco Dois Irmãos foi coibida, não havendo novas edificações. Apesar disso, eles se queixam de que, devido à falta de policiamento, traficantes utilizam a área do parque, que liga a Rocinha à Chácara do Céu.

O 23º Batalhão da PM, responsável pela segurança na região, informou que, de fato, não existe policiamento fixo no local, mas que rondas motorizadas passam pelo parque. Segundo a unidade, como a área de atuação do batalhão inclui quase 12 bairros, não é possível manter o policiamento fixo em todos os parques e praças.

A preferência é dada aos que apresentam mais registros de crimes. Nos últimos sete meses, não tivemos registros no local, mas a partir da queixa dos moradores, vamos dar mais atenção ao parque promete o major Lacerda.

Outra queixa dos moradores é quanto à conservação do parque, que não é das melhores. Postes danificados e deques interditados demonstram a falta de atenção com a manutenção do local. Além disso, a falta de inciativas que tornem o parque mais atrativo desestimula os visitantes.

Não existe nada que atraia o visitante reclama Evelyn Rosenzweig.

O parque está situado na encosta do Morro Dois Irmãos, para chegar no alto, o visitante tem que passar uma subida íngreme. Quando chega na parte mais alta, não existe nenhuma loja, bar ou quiosque onde possa comprar uma garrafa de água para se refrescar e se recuperar do esforço.

Acaba que apenas esportistas podem subir lamenta a presidente da AMA Leblon.

Em nota, a Secretaria Municipal de Ambiente informou que já iniciou a elaboração de um plano para a conservação e manutenção de parques naturais, para que as melhorias necessárias sejam orçamentadas e implantadas o mais rápido possível.