Metrô Rio diz que não houve "chuva" dentro do trem

JB Online

RIO DE JANEIRO - O Metrô Rio esclareceu nesta tarde a denúncia de um passageiro da Linha 2, na noite desta terça-feira, que haveria goteiras de chuva no vagão. Segundo a concessionária, o problema foi, na verdade, um vazamento de água provocado pelo entupimento do dreno do sistema de ar condicionado e consequente acúmulo de água nas bandejas coletoras. Cada carro possui dois aparelhos de ar-condicionado, um em cada extremidade, com capacidade total de 252 mil BTUs. A empresa já providenciou o reparo, mas não teve tempo de esclarecer nem informar as providências antes do fechamento dos jornais.

A concessionária está substituindo, em todos os trens, as placas de compensado e componentes de madeira que ficam em contato com evaporadores do sistema de refrigeração por peças de fibra e borracha, a fim de evitar que haja aumento de umidade e proliferação de fungo. A empresa informa ainda que já providenciou a limpeza completa das saídas de ar condicionado da composição que registrou o problema.