Após ataque a ônibus, Cidade de Deus tem policiamento reforçado

JB Online

RIO - O policiamento foi reforçado na Cidade de Deus, após o ataque a um micro-ônibus que deixou 13 pessoas feridas na noite desta terça-feira. Cerca de 15 homens, alguns armados, interceptaram o veículo na Avenida Prefeito Miguel Salazar de Moraes. Em seguida, eles colocaram líquido inflamável, ateando fogo.

De acordo com a polícia, o ataque aconteceu depois da prisão de Leandro de Oliveira da Silva, supostamente um dos gerentes do tráfico na região. Ele teria sido flagrado com 75 sacolés de cocaína, sendo encaminhado para a 32ª DP (Taquara).

Os feridos foram levados para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Cinco pessoas em estado grave foram encaminhadas a outras unidades.

A polícia informou que 100 homens do Bope e do 18º Batalhão reforçam o policiamento esta manhã na Cidade de Deus.