Acidente de ônibus será julgado dez anos depois

JB Online

RIO - Quase uma década depois, será realizado nesta quarta-feira, dia 03, o julgamento dos responsáveis por um dos acidentes de ônibus mais trágicos ocorridos no ano de 2001. O desastre deixou sete mortos e 32 feridos, todos norte-americanos de origem taiwanesa. O veículo tombou quando voltava de Petrópolis para o Rio de Janeiro, na altura do Km 82, da BR 040, e contou com grande cobertura da mídia à época.

Este foi um caso conhecido na época, e mesmo 10 anos depois, acredito que a justiça será feita para com as famílias diz o advogado Leonardo Amarante, representante das famílias das vítimas do acidente.

Quatro perícias de engenharia realizadas no local do acidente concluíram que havia falha na sinalização e na construção da pista, uma vez que o ônibus se encontrava dentro da velocidade indicada pela sinalização, que além de inadequada para o retorno do quilômetro 82, não advertia para as condições perigosas daquele trecho da rodovia.

A companhia de Concessão Rodoviária de Juiz de Fora Rio de Janeiro (Concer), responsável pela rodovia também já foi condenada na ação de regresso proposta pela seguradora Liberty, contratada pela empresa de ônibus que transportava as vítimas.

O julgamento ocorrerá, às 13h, na 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ).

As informações são da assessoria de imprensa