Lagoa Rodrigo de Freitas tem mais uma mortandade de peixes

JB Online

RIO - Centenas de peixes apareceram mortos na manhã desta sexta-feira na Lagoa Rodrigo de Freitas. A concentração de animais mortos é maior na altura do canal da Rua General Garzon. Entre as espécies atingidas há favelhas e até robalos. Homens da Feema recolhem os peixes mortos.

A secretária do Ambiente, Marilene Ramos, e o presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Luiz Firmino Martins Pereira, fazem vistoria no local, às 14h.