Carmelitas começa a se ambientar à Praça Tiradentes

Carlos Braga, Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Saem as estreitas ladeiras de Santa Teresa, e entra a amplidão da Praça Tiradentes, no Centro, o novo local de ensaio do bloco Carmelitas. O primeiro foi realizado sábado, e estava marcado para as 18h. Passados dez minutos das seis, porém, o único integrante da bateria presente era o tocador de chocalho. Talvez o atraso e a chuva intermitente tenham influenciado no julgamento dos foliões, que estranharam o novo point.

Achei a mudança meio ruim criticou a estudante de psicologia Diana Borschiver, 20 anos. Santa Teresa é muito mais legal, tem um visual maneiro. O problema é que estava ficando muito muvucado. Mas o lima de lá é mais bacana.

Se no horário do começo do ensaio a Praça Tiradentes ainda estava vazia, a calçada que a rodeia já estava tomada por camelôs, proibidos de se instalar dentro da praça. Lá, foi permitida apenas a barraca do bloco, que vendia vendia camisetas (R$ 25), aquele paninho que imita o chapéu das freiras (R$ 5) e cerveja (R$ 2,50). Mais cara que a cobrada pelos ambulantes do lado de fora (R$ 2).

Lá pelas 20h, havia cerca de 500 pessoas esperando o começo do ensaio sob a chuva. Um dos diretores do bloco, Daniel Cahill, contou que a mudança de lugar se deu por conta de um convite da Riotur.

Vamos ensaiar hoje (domingo), dia 30 e dia 6 de fevereiro. Santa Teresa estava ficando inviável.