Secretaria de Transportes é fechada após morte de Adhemar Reis

JB Online

RIO DE JANEIRO - Após o assassinato do subsecretário de Transportes de Niterói, Adhemar Reis, que investigava um esquema de táxis clonados na cidade, as duas sedes da Secretaria de Transportes foram lacradas, nesta quinta-feira.

A determinação do secretário municipal de Segurança, Marival Gomes, se deu para evitar a perda de documentos. Nesta quinta, o policial solicitou ainda imagens de câmeras de um túnel e de uma igreja evangélica próximas ao local do crime.

A pasta onde Adhemar carregava documentos que comprovariam a fraude nas autonomias de táxis, como lacres de taxímetros e firmas falsas autenticadas em cartórios também foi recuperada.

O material será repassado à 76ª DP (Centro), que investigava com o subsecretário o licenciamento dos táxis.