CEDAE encontra "gato" em curso pré-vestibular

JB Online

RIO DE JANEIRO - Policiais da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) e técnicos da Assessoria de Segurança Empresarial da Nova Cedae encontraram hoje (21/01) ligação clandestina no GPI, tradicional curso preparatório para o vestibular, em Santa Cruz, Zona Oeste. Na operação gato vestibulando , a equipe deixou intimação no local para que o responsável pelo estabelecimento de ensino compareça à DDSD para prestar esclarecimentos.

Localizado na Rua Felipe Cardoso, 1.128, o GPI, que além de turmas de pré-vestibular também é direcionado à formação de 2º Grau, estava com a água cortada desde dezembro de 2008. Com oito funcionários, o estabelecimento tinha clandestinidade de ¾ de polegada de diâmetro.

Ligações clandestinas contribuem para desabastecer algumas localidades, além de causar grande prejuízo nos cofres da Cedae , afirma o presidente da companhia, Wagner Victer, ressaltando que furto de água é crime previsto no Código Penal. Os responsáveis pelos respectivos gatos foram conduzidos à DDSD.

Campanha de regularização

Durante a campanha Ser legal não custa nada , os clientes com ligações irregulares poderão regularizar sua situação sem ter que pagar qualquer multa, desde que procurem uma das agências comerciais da Cedae. Os profissionais dessas unidades já estão prontos para regularizar de forma simples e rápida a situação do cliente. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 282 1195 ou pelo site www.cedae.com.br.

(Informações da Assessoria de Imprensa)