Água do Paraíba do Sul não está contaminada

Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Os técnicos do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão executivo da Secretaria do Ambiente, divulgaram nesta quinta-feira (21/01) o resultado da análise da água do Paraíba do Sul nos municípios de Barra Mansa e Volta Redonda. O exame indicou a presença de colônia da cianobactéria Microcystis sp, Planktothrix sp e cf. Planktolyngbya sp.

Foi confirmada a suspeita inicial de que, em decorrência das fortes chuvas que caíram na região nos últimos dias, houve o transporte de substância proveniente de florações de algas. Os resultados estão dentro dos padrões recomendados pela Resolução Conama 357 e a Portaria 518 do Ministério da Saúde, não acarretando danos aos consumidores.

Os técnicos do Inea continuarão a realizar o monitoramento ao longo do Paraíba do Sul para acompanhar o surgimento de outros possíveis eventos.