Estudante de direito morre baleada na Vila da Penha

JB Online

RIO - A estudante de direito Silvânia Maria Vieira, de 37 anos, morreu baleada na Vila da Penha, na noite desta quinta-feira. Ela dirigia um Fox vermelho, acompanhada do marido e do filho de 6 anos, quando foi abordada por assaltantes que saltaram de uma Kombi de transporte alternativo, na Avenida Meriti.

Segundo testemunhas, Silvânia teria se asssustado e acelerou o carro. Os marginais atiraram, atingindo a mulher e um taxista que passava pelo local. Silvânia foi levada para o Hospital Getúlio Vargas, mas não resistiu.