Empresa acusada de fraude atua em obras emergenciais em Angra

Portal Terra

RIO - A Valle Sul Construtora, acusada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro de participar de licitações irregulares da prefeitura de Angra dos Reis, está entre as empresas com maior número de equipamentos nas obras emergenciais no município, nas regiões destruídas pela chuva. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

Tratores, escavadeiras e caminhões que atuam no Morro da Carioca e na Estrada do Contorno trazem o logotipo da empresa. A prefeitura informou que não assinou contrato para as obras, mas que terá que pagar pelos serviços da Valle Sul. Em 2007, a Valle Sul foi apontada como uma das empresas beneficiadas por fraudes em licitações e licenças ambientais.